Lie to me

Ontem eu descobri uma mentira sua. Uma omissão, na verdade. E eu tenho pânico de mentiras, você sabe. Mas foi a declaração de amor mais linda que você podia ter me dado. Ontem você me mostrou quanto você se importa, quanto você me protege, como você me quer bem. E ontem eu reafirmei minha certeza de querer passar o resto da vida do seu lado.

Quão contraditório pode ser uma mentira ser dada como declaração de amor? Muito. Mas tudo na nossa vida é. Poucas coisas seguiram o curso normal desde que nos conhecemos.

Seria muito, muito difícil. Muito, muito doído pra mim ver a Amy doente, pensar em perde-la do mesmo jeito que perdemos a Pinky. E você sabe que eu odiaria o Sheldon pra sempre (ok, não pra sempre, mas eu não ia gostar dele como eu gosto dela). E você sabe que eu ia chorar, que eu ia ficar triste, que eu ia ter que dar outro tchau pra um bichinho que eu amo tanto. E me poupou. Você tentou cuidar dela escondido, às duas da manhã, pra que ela ficasse boa e eu jamais imaginasse que era ela que tinha saído machucada na briga dos dois.

Ok que se ela morresse eu ia ficar sabendo cedo ou tarde que era ela quem tinha ido. Os dois tem um comportamento muito diferente. Como eu fiquei sabendo na hora que cheguei mais perto das gaiolas que, na verdade, não era o Sheldon que tava na gaiola azul, machucado. Era ela.

Mas eu entendi sua intenção. E foi linda. E eu saquei que mesmo de um jeito meio tosco você me ama e não quer me ver sofrer por nada. Que você me protege de sofrer por um hamster e vai me proteger de sofrer por qualquer outra coisa. E eu te amo profundamente por isso e pelo resto todo que você é.

Isso podia, perfeitamente, ser um cartão de dia dos namorados. Mas não é só nas datas especiais que a gente mostra que a gente reconhece e que ama. É em todos os outros dias. E eu te amo hoje. E te amei ontem e vou te amar todos os outros dias que vierem.

(Em casa nós não temos cachorro. Há alguns meses me apaixonei perdidamente por uma ninhada de hamsters que estava na vitrine do pet shop perto da academia. Compramos dois, que depois descobrimos serem duas. Uma adoeceu e morreu. E quase que eu fui junto. Minha angústia com a ratinha doente está documentada no Instagram. Tentei dar comida, água na boca, esquentar, esfriar, levar comigo pro trabalho, deixar no colo, dar remédio e ela não resistiu. Pinky foi “pra o céu” como diz o Ian e eu chorei como se um cachorro, companheiro de 15 anos, tivesse morrido. Quem tem e gosta de bicho sabe como é perder um amiguinho. Semana passada tomei coragem e fomos comprar outro ratinho no Mercado Central. Comprei uma gaiola gigante e fiz questão de escolher um macho para que pudéssemos ter um tanto de bolinhas rodando pela casa. 

Pinky dodói...

Pinky dodói…

A adaptação não foi nada amigável e Amy e Sheldon brigaram muito nos primeiros dias. Tanto que Amy machucou o olho e ficou igualzinha à Pinky, a ratinha que morreu. Separamos as gaiolas e Felipe me disse que quem tinha se machucado era o Sheldon, o novato. Assim eu não sentiria tanto. 

Acho que Amy entendeu bem como é querida e está bem forte, recuperando o olhinho sem pomadas. Estamos tomando alguns cuidados, mas ela está indo bem. 

Sheldon quase recebeu uns cascudos por ser folgado. Mal chegou e já foi logo dando porrada pra conquistar território. Mas é um rato que conquistou a gente pelas acrobacias que executa na gaiolona e sempre arranca umas risadas.

Sheldon no dia em que chegou em casa...

Sheldon no dia em que chegou em casa…

Provável que os dois fiquem só no revezamento de gaiolas, já que não são exatamente amigos. 

Felipe já era muito amado, mas desbloqueou o nível “eu me importo” do meu coração mentindo pra mim. Pra eu não sofrer. E isso conta todos os pontos do mundo. Agora eu entendo o que Cazuza queria dizer com “mentiras sinceras me interessam.”)

Anúncios

Uma resposta em “Lie to me

Deixe um bocadinho de você...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s