Agora que eu chorei…

Agora, depois de uma semana, eu consegui chorar. Peguei a desculpa de um filminho que publicaram no Facebook, fui pro banheiro e me acabei. Borrei o rímel, desfiz a maquiagem, amarrei o cabelo, sentei na privada, com a porta trancada, encostei minha cabeça na parede e chorei tudo o que dava pra chorar em 5 minutos no banheiro da empresa.

Chorei porque não sabia que as pessoas podiam ser tão ruins, tão manipuladoras. Que pudessem jogar TANTO com a felicidade dos outros. E, pior, jogar TANTO com a vida de quem elas, supostamente, gostam. Como se fossem marionetes. E eu não esperava isso TÃO perto de mim. Alguém a quem eu confiei segredos. E que, provavelmente, fez o diabo com eles. Provavelmente não. Fez. E iria continuar fazendo se eu não tivesse aberto meus olhos.

Screenshot_2012-10-09-23-05-47

Chorei porque ao abrir meus olhos diante de uma realidade tão vil, eu vi que posso ser ruim também. Que posso jogar debaixo dos panos, se eu quiser. E que isso, provavelmente, vai acontecer. Porque tem certas pessoas que você, infelizmente, não tira da sua vida. Então há que se aprender a lidar com elas. E se é baixo que tem que ser, baixo será. Claro que haverá uma aura de perfeição em cima… Não me iludo e se eu pudesse dar um conselho a essa pessoa, diria a ela que não se iludisse também. Ela conseguiu despertar o que há de pior em mim. E o meu dia mais feliz vai ser o dia mais triste dessa pessoa. Não porque eu hei de vencer sobre ela. Mas porque eu hei de alcançar todos os objetivos que eu tiver na vida. A desgraça dela vai ser consequência.

IMG_20121101_085507

Chorei porque a vida passa. As pessoas passam. E para algumas pessoas eu não esperava passar. Mas passei. Eu queria continuar fazendo parte, mas não faço. Eu queria ainda estar nas fotos de hoje, de amanhã, mas não estou e não estarei. O jargão de “não tratar com prioridade quem te trata como exceção” é verdadeiro. Há que se guardar energias para compartilhar com quem nos quer. Com quem abraça as nossas vitórias e consegue segurar as nossas lágrimas.

Parei para observar o fluxo da vida e percebi que algumas pessoas, por mais distantes fisicamente que estejam, não passam. E jamais passarão. Porque, por coincidência ou obra de Deus, do destino, do que seja, elas foram para o mesmo caminho que você. E vocês continuarão juntas.

Screenshot_2012-10-24-21-12-43

Também existem aquelas pessoas que se foram, que você pensou que nunca mais voltariam, ou [pausa para ir ao banheiro. Quando voltei, tinha festa pra mim! Mesmo sendo amanhã, esse povo LINDO da Sodet não deixou passar em branco. Então, sério, conclusão: quem se foi porque quis ir, FODA-SE! e obrigada! Deu lugar pra mais gente legal chegar (por ordem de “sentagem” Ana, Luisa, Marcus, Lenise, Carol, Díja, Bruno, Luiz, João, Carlão, Ariela, Paulinha, Grazi e Teco) mais gente legal voltar (Chel e Duda) e a minha vida mudar de ponta-cabeça! É o aniversário mais feliz que eu vou ter!]

Brigada pelo carinho, galera!!!

Brigada pelo carinho, galera!!!

Anúncios

3 respostas em “Agora que eu chorei…

  1. Eu voltei mesmo!! e voltei pra ficar! Agora consegui consertar o plugin e o blog já está no meu monitoramento! Fia, pensa assim, quem se foi, que seja feliz…. e pra quem fica, vem ser feliz com a gente! e gente ruim tem mesmo, em todo lugar, as vezes até do nosso lado. Mas somos porreta…. aguentamos chumbo grosso…. e nada nos derruba! A gente dá uma cambaleada, mas depois tá de pé, mais firme que antes, sacodindo a poeira e mais forte pra próxima batalha! VOCÊ É UMA MURALHA!!!

Deixe um bocadinho de você...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s