Bons modos! Clean by design

Sabe? Um dos blogs de moda que eu mais adoro é o Petiscos, da Júlia Petit. Por vários motivos!

Primeiro pela persona dela mesma que é uma simpatia! (E prefiro os tutoriais que ela faz pro Petiscos do que aquela correria que aprontam com ela no Base Aliada.)

Segundo porque ela não faz parte do Programa de Massificação de Posts e Alienação Publicitária. (Este é o nome que eu dei para classificar a ORDA de blogueiras que fazem parte de uma espécie de Liga da Justiça dos blogs e falam, todos os dias, sobre o mesmo assunto. A pauta de todas é igual! Parece que os assuntos são até divididos por dia da semana e, claro, por anunciante. Mencionei que todas parecem viver na Jabáisland?! A ilha do Jabá?!)*

Os posts são realmente legais e nos apresentem, além das novidades do mundo fashion, artigos interessantes sobre música, arte, mundo masculino, fofurices em geral e… consciência.

A maioria das meninas que têm faniquitos quando o assunto é moda acha que é um mundo feito SÓ de glamour, flashes, brindes de marcas famosas, primeiras filas de semanas de moda, zilhões de seguidores nas redes sociais, diárias grátis em hotéis fantásticos, viagens na faixa para conhecer fábricas de cosméticos e fama instantânea, afinal, como já profetizava Andy Warhol:

Certeza que não existia Instagram na época dele?!

Mas o que ninguém imagina é que o mundo fashion também é uma INDÚSTRIA feita para VENDER coisas e que POLUI o ambiente tanto quanto uma INDÚSTRIA DE CARRO. Contamina rios e lençóis freáticos tanto quanto uma MINERADORA. Promove o aquecimento global tanto quanto uma TERMOELÉTRICA.

E que hoje um dos maiores fornecedores de têxteis – e que anda incomodando grandes potências – é a China. Dá uma olhadinha no seu guarda roupas e me diz se lá não tem, pelo menos, umas 10 peças com uma etiqueta escrito “made in China”.

Surpreso?! Pois é.

Claro que eu não vou levantar aqui a bandeira do consumo consciente e muito menos incentivar um bazar entre amigas para renovar o armário porque eu sei bem o efeito mágico que a Zara tem sobre as nossas TPMs.

Mas sim para divulgar uma iniciativa pra lá de bacana empreendida e apadrinhada pela CFDA (Council of Fashion Designers of America).

Veja:

Em jantar oferecido há dois dias pela CFDA, Diane Von Furstenberg anunciou a parceria do Conselho de Designers de Moda da América com o programa “Clean by Design”. Após os convidados assistirem um vídeo sobre o programa no jantar – que chama a atenção para o grande número de confecções produzidas na China, e os danos que elas causam à ecologia local – o conselho se comprometeu a incentivar seus estilistas a optarem pela manufatura de roupas utilizando materiais ecologicamente corretos. A proposta foi apoiada por Derek Lam, Jason Wu, Francisco Costa (diretor criativo da Calvin Klein), Zac Posen e até mesmo a editora chefe da Vogue, Anna Wintour. Abaixo você pode assistir ao vídeo do programa “Clean by Design”, e descobrir o que pode fazer para contribuir com a limpeza da China.

Me consola saber que há pessoas pensando na continuidade da moda, claro, e ainda assim propondo uma solução para minimizar os impactos causados pela operação das indústrias.

Iniciativa boa e passível de cópia do bem!

Anúncios